Justiça

Homens acusados de homicídio com catana conhecem hoje sentença

Homens acusados de homicídio com catana conhecem hoje sentença

 

Lusa / AO online   Regional   19 de Out de 2009, 10:44

 O Tribunal de Ponta Delgada profere esta segunda-feira a sentença do julgamento de três indivíduos que são acusados de ter assassinado um homem com golpes de catana em Setembro de 2008.
A vítima, um homem de 50 anos, foi morta com golpes de catana na barriga, peito e cabeça, numa casa situada nas imediações do Jardim António Borges, no centro de Ponta Delgada.

Os arguidos são três homens, de 22, 31 e 35 anos, que o Ministério Público considera terem estado envolvidos na morte violenta, pelo que pediu, nas alegações finais, a sua condenação.

O arguido de 31 anos, que assumiu inicialmente a autoria do crime, declarou-se depois inocente, tendo afirmado no julgamento de apenas foi envolvido no processo devido às falsas declarações do arguido mais jovem, com quem manteve um relacionamento.

Por seu lado, o arguido de 22 anos inicialmente apontou o homem de 31 anos como autor do crime, mas depois alterou o depoimento, culpando o arguido mais velho.

Este arguido, de 35 anos, admitiu que estava em casa da vítima quando chegaram os outros dois, mas alegou ter saído quando os três se envolveram numa discussão, com a qual nada tinha a ver.

Os advogados de defesa pediram a absolvição dos três arguidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.