Homem condenado a 1 ano de pena suspensa por matar gato


 

AO Online/ Lusa   Nacional   3 de Ago de 2019, 11:05

Um homem foi condenado a um ano de prisão, com pena suspensa na sua execução, pela morte de um gato, informou esta sexta feira a Procuradoria Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Numa nota publicada no seu site da internet, a PGDL refere que “no essencial, a sentença deu como provado que, no dia 29 de março de 2018, o arguido desferiu várias pancadas, com um pau, numa gata, pertença da sua companheira, provocando-lhe a morte”.

“Depois de matar o animal, o arguido colocou o seu corpo num saco, depositando-o num contentor do lixo na via pública”, acrescenta a nota.

A sentença, que ainda não transitou em julgado, foi proferida pelo Juízo Local Criminal de Lisboa que condenou o arguido, pelo crime de maus tratos a animais de companhia, a uma pena de prisão de 12 meses, suspensa na sua execução.

O arguido ficou ainda obrigado a entregar à União Zoófila a quantia de 750 euros.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público de Lisboa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.