Hollande diz que renegociará o acordo para novo tratado europeu se for eleito


 

Lusa/AO Online   Internacional   12 de Dez de 2011, 07:22

 François Hollande, candidato socialista à presidência francesa em 2012, anunciou hoje que pretende, se for eleito, "renegociar" o acordo sobre o projeto de alteração do tratado da União Europeia alcançado na sexta-feira em Bruxelas.

"Se for eleito presidente da República, renegociarei esse acordo para lhe acrescentar o que falta hoje - a eficiência dos mercados - e desejo que não estejamos degradados até lá, pelo interesse do meu país", declarou à rádio RTL.

"E depois vou garantir que seja acrescentado o que falta, ou seja, a intervenção do BCE [Banco Central Europeu], os 'eurobonds', e um fundo de ajuda financeira - ou seja, o que vai responder ao que é hoje a pressão dos mercados - e depois há que ter crescimento", acrescentou.

Hollande salientou ainda que, se for eleito presidente de França, irá procurar a aprovação pelo Parlamento de "uma lei relativa ao programa de finanças públicas extremamente precisa" para o equilíbrio das contas francesas até ao fim de 2017.

"Levarei esse compromisso aos nossos parceiros europeus e aos franceses", sublinhou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.