Açoriano Oriental
'Histórias sem Idade' reuniu duas dezenas de idosos da Santa Casa da Madalena

Quase duas dezenas de idosos da Santa Casa da Misericórdia da Madalena, na ilha do Pico, participaram em mais uma sessão do projeto 'Histórias sem Idade', promovido pela Biblioteca Municipal da Madalena.

article.title

Foto: CMM
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Numa viagem pelas memórias, os idosos da Santa Casa da Misericórdia da Madalena recordaram a sua juventude e os seus tempos de escola, partilhando histórias e revivendo emoções.

Nesta quinta sessão, os seniores regressaram aos tempos de escola, relembrando alguns objetos da sua meninice, como a carteira, a ardósia e alguns manuais escolares que trouxeram à memória lições de outrora, refere nota.

Os livros "Lili", de José Armando de Sousa, "A Cartilha Maternal", de João de Deus, entre outros, levaram os idosos às salas de aula do século passado, onde os símbolos de autoridade, do Estado e da Igreja eram presença constante, e o respeito e a disciplina imperativos, escrupulosamente cumpridos, sob pena de castigos tão diversos como as orelhas de burro, a palmatória e a régua de madeira.

Recordando as brincadeiras no recreio, ao pião e à macaca, e o hino nacional, entoado todos os dias, antes de cada lição, os gerontes refletiram sobre a educação de ontem e a educação de hoje, os antagonismos entre o passado e o presente, entre a autoridade humilhante de outrora e o sistema mais permissivo de hoje, concluindo que as escolas são as pessoas e as memórias, que lhe dão vida.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.