Açoriano Oriental
“Há excessivo clientelismo político aqui e é preciso acabar com isso”

Luís Montenegro, candidato à liderança nacional considera que um governo PSD “faria muito bem aos Açores” e espera vir a colaborar com José Manuel Bolieiro na concretização desse objetivo. E vinca a propósito, “o meu relacionamento futuro só pode ser impecável com Bolieiro”

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: Paulo Faustino

Que balanço faz da sua visita aos Açores e que recetividade encontrou da parte dos açorianos?


Vou muito satisfeito. A visita correu sinceramente muito bem, quer na Terceira, quer depois em São Miguel. Na visita à Unileite primeiro, e depois a Rabo de Peixe, foi sempre muito interessante constatar duas coisas: em primeiro lugar que as estruturas do PSD acompanharam e, portanto, estou com esperança que possam ter um nível de participação grande na eleição nacional do partido. E também na rua porque uma das circunstâncias que mais me agradou foi muitos cidadãos se terem abeirado de mim e terem perguntado algumas coisas acerca da política nacional, da eleição do PSD e me terem até manifestado apoio extra partido (...). Como tenho dito, é do interesse nacional que em Portugal haja uma oposição forte, firme ao PS que hoje governa o país com a sustentação parlamentar do PCP e do BE e é do interesse nacional que no futuro os portugueses possam optar entre dois caminhos que são diferentes e que valorizam o debate democrático.


Pode ler a entrevista na íntegra na edição desta quarta-feira, 18 dezembro 2019, do jornal Açoriano Oriental



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.