Guardas prisionais dos Açores solidarizam-se com greve nacional

Guardas prisionais dos Açores solidarizam-se com greve nacional

 

Lusa/AO On Line   Regional   3 de Dez de 2010, 09:11

Os guardas prisionais dos Açores estão solidários com o pré-aviso de greve lançado pelo Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional para meados deste mês, revelou esta sexta-feira o delegado sindical Ivo Garcia.
“O pré-aviso de greve está agendado para o período entre 10 e 19 de Dezembro, com a excepção do dia 14. É uma altura sensível porque estão programadas algumas festas de Natal, mas nós não poderemos ceder”, afirmou.

Para este responsável sindical, o pré-aviso de greve foi a única saída perante a postura do Ministério da Justiça, que “não cedeu em nada, nem ouviu os corpos gerentes do sindicato”.

O subsídio de fixação ou de insularidade e a construção, prometida há vários anos, do novo Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada são algumas das razões de âmbito regional que levam os guardas prisionais dos Açores a avançar para a greve.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.