Governo quer simplificar registo de órgãos de comunicação social


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Dez de 2008, 14:42

O Governo aprovou hoje um decreto regulamentar que pretende reduzir encargos administrativos no registo de órgãos de comunicação social, processo que o executivo diz também querer agora simplificar.

  Falando no final do Conselho de Ministros, Pedro Silva Pereira afirmou que o diploma faz parte do programa de Simplificação Administrativa (SIMPLEX).

    "Com esta medida, o Governo introduz medidas para a redução dos encargos administrativos e em alguns casos com a desmaterialização dos mecanismos de registo", apontou Pedro Silva Pereira.

    Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, com a aprovação do diploma, é adoptada a regra da "oficiosidade" no registo dos operadores de rádio, televisão e dos respectivos serviços de programas.

    Por outro lado, o decreto elimina "a prova de regularidade das publicações periódicas".

    "Por razões de economia legislativa, o diploma regulamenta as disposições previstas na Lei de Televisão relativas ao registo da actividade de televisão que consista na difusão de serviços de programas televisivos exclusivamente através da Internet e ainda o registo dos operadores de distribuição", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.