Política

Governo quer impor "linha de obsessão com contenção contas públicas"


 

Lusa / AO online   Nacional   25 de Jan de 2010, 10:42

 O PCP acusou o Governo de se preparar para impor “uma linha de obsessão com a contenção das contas públicas” no Orçamento de Estado para 2010, criticando a intenção de eliminar postos de trabalho na administração pública.
“Saímos muito preocupados desta reunião, porque o Governo, tal como nos anunciou, se prepara para impor novamente uma linha de obsessão com a contenção das contas públicas em detrimento do crescimento económico e da justiça social”, afirmou o líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, em declarações aos jornalistas no final de uma reunião no Parlamento com os ministros das Finanças, Teixeira dos Santos, e dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão.

Remetendo o anúncio do sentido de voto dos comunistas para depois da análise do Orçamento de Estado para 2010, que o Governo entrega quarta-feira na Assembleia da República, o líder da bancada do PCP deixou duras críticas à linha “muito negativa” que o executivo socialista pretende impor, nomeadamente a ideia de eliminação de postos de trabalho na administração pública.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.