Governo dos Açores quer criar um Plano de Desenvolvimento da Fruticultura

Governo dos Açores quer criar um Plano de Desenvolvimento da Fruticultura

 

Lusa/Ao online   Regional   20 de Out de 2018, 20:14

O Governo Regional dos Açores quer criar um Plano de Desenvolvimento da Fruticultura, que deverá estar concluído dentro de seis meses, tendo criado um grupo de trabalho para a elaboração do documento.

A medida, assumida pelo secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, pretende “delinear uma estratégia de longo prazo para um setor com claro potencial em ilhas menos vocacionadas para a produção de leite e de carne”, explica a nota de imprensa enviada hoje pelo executivo.

A estratégia tem, também, o intuito de “dinamizar a produção local, mas também a preservação genética de frutas, como, por exemplo, a maçã das Furnas, e culturas, como o ananás da ilha de São Miguel”.

O executivo salienta que “os Açores dispõem de boas condições edafoclimáticas para a produção de um vasto conjunto de frutas” e que “a fruticultura constitui uma boa alternativa agrícola para a generalidade das ilhas, contribuindo para a criação de riqueza, redução de dependência externa e das importações”.

Do grupo de trabalho fazem parte sete elementos, “que desempenham funções na Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, na Universidade dos Açores, em associações de produtores, bem como especialistas nesta área, que irão trabalhar sem receber qualquer tipo de remuneração”, informa a secretaria.

O documento será alvo de discussão por parte dos representantes do setor, como a Federação Agrícola dos Açores, produtores e operadores económicos, que poderão contribuir com as suas “diferentes visões e abordagens”.

Serão disponibilizados mecanismos de apoio financeiro à produção e comercialização de frutas através do PRORURAL+ e do POSEI.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.