Governo dos Açores estabelece novo limite máximo de captura de goraz para o segundo trimestre do ano

Governo dos Açores estabelece novo limite máximo de captura de goraz para o segundo trimestre do ano

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   29 de Mar de 2019, 17:43

O Governo dos Açores vai proceder a alterações no limite máximo de capturas de goraz permitidas, por ilha e por embarcação, para o segundo trimestre deste ano.

Através de um despacho que será publicado segunda-feira, 1 de abril, em Jornal Oficial, procede-se a uma" redistribuição da quota de goraz para todas as ilhas que optaram pelo modelo de gestão trimestral desta espécie", lê-se em nota publicada no Gacs.


O secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou que estas alterações “têm em consideração as propostas dos parceiros do setor, nomeadamente do Pico, de Santa Maria e de São Miguel, no sentido de ajustar a distribuição da quota pelas embarcações” destas ilhas.


Será igualmente efetuado um ajuste nas quantidades de capturas permitidas nas ilhas do Corvo, São Jorge e Terceira, que também optam por pescar para o 'monte', com regime trimestral, “tendo em conta as quantidades de goraz capturadas no primeiro trimestre” deste ano, referiu Gui Menezes.


Na prática, diz o secretário da tutelam, o novo diploma “vai permitir às ilhas que não atingiram o limite proposto de capturas para o primeiro trimestre, somarem à quota proposta para o segundo trimestre os valores que não foram capturados”.


Gui Menezes adiantou que, até à data, durante o primeiro trimestre deste ano, a Região atingiu cerca de 20% da quota anual de captura de goraz, no total de cerca de 117 toneladas, que corresponde a cerca de 1,4 milhões de euros na primeira venda.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.