Exames:

Governo dos Açores diz que 'rankings' traduzem "visão redutora" do ensino

Governo dos Açores diz que 'rankings' traduzem "visão redutora" do ensino

 

Lusa/Ao online   Regional   16 de Fev de 2019, 18:13

O Governo Regional dos Açores esclareceu, este sábado, que os resultados dos exames do ensino secundário nos Açores estão “em linha com a tendência nacional” e que os ‘rankings’ “traduzem uma visão redutora” do sistema de ensino.

Em comunicado divulgado hoje, a Secretaria Regional da Educação e Cultura admite que “os resultados relativos às escolas dos Açores, no que diz respeito aos exames do ensino secundário, estão genericamente em linha com a tendência nacional, mas ficam aquém do que almejamos para o sistema educativo regional”.

O executivo regional aconselha “cautela” na leitura dos ‘rankings’ das escolas com melhores resultados nos exames nacionais, já que estes “traduzem uma visão redutora do trabalho realizado nas escolas e da qualidade dos sistemas educativos”.

“Embora seja importante analisar o desempenho escolar, nomeadamente no âmbito da avaliação externa dos alunos, pois esta fornece dados para as decisões a tomar em cada escola ou agrupamento, não se devem ler, no entanto, os "rankings" como uma radiografia completa ao desempenho do sistema educativo”, prossegue a nota.

A Secretaria Regional da Educação e Cultura considera “mais premente valorizar as estratégias das escolas em busca da melhoria das aprendizagens dos seus alunos”, apontando os bons resultados do programa ProSucesso, que arrancou no ano letivo 2015/2016, bem como os vários projetos de combate ao insucesso escolar promovidos pela Direção Regional da Educação.

Na tabela que avalia 529 escolas nacionais, públicas e privadas, de acordo com os resultados dos exames do ensino secundário, a escola da região com melhor cotação é a Escola Secundária Antero de Quental, em Ponta Delgada.

Na penúltima posição da tabela, surge a Escola Básica e Secundária de Lajes do Pico, com uma média de 7,58 valores.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.