Governo dos Açores defende investimentos para a redução de custos dos agricultores

Governo dos Açores defende investimentos para a redução de custos dos agricultores

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Fev de 2019, 10:05

O Governo dos Açores salientou a importância de investimentos para a redução de custos dos produtores, na inauguração do sistema de abastecimento de água da Fonte do Pontal e do Caminho Agrícola do Jorge Nunes, na Graciosa.

O secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, afirmou que a empreitada reforça o trabalho do executivo de “melhoria das condições de trabalho para os agricultores, dando, assim, um contributo muito importante para a competitividade e para a redução dos custos agrícolas”.

Apontou como exemplo a fileira do leite, setor onde “existe uma grande pressão ao nível dos preços”, dizendo que “se os agricultores conseguirem reduzir os seus custos, de uma forma indireta, estão a contribuir para o aumento dos rendimentos das suas explorações”.

O governante falava na cerimónia de inauguração do sistema de abastecimento de água da Fonte do Pontal e do Caminho Agrícola do Jorge Nunes, na freguesia de Guadalupe, um investimento de 577 mil euros promovido pelo Instituto Regional de Ordenamento Agrário (IROA) em parceria com o município de Santa Cruz da Graciosa, que contou com fundos comunitários.

João Ponte frisou que “o abastecimento de água é central para as explorações agrícolas e para garantir a sua rentabilidade, daí que o plano de investimentos do IROA para este ano afete sempre de 30% da sua dotação exclusivamente para o reforço do abastecimento de água”.

O secretário regional garantiu que “a agricultura continua a ser um setor muito apetecível”, tendo dado como exemplo as mais de 80 candidaturas de jovens agricultores a apoios para a produção agrícola, bem como as mais de 250 candidaturas para projetos de modernização.

O governante admitiu, ainda, que os investimentos do executivo procuram contribuir para “uma agricultura forte, capaz de gerar riqueza, de contribuir para o aumento das exportações e, no fundo, alavancar o desenvolvimento da região”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.