Governo baixa taxa de IRC de 25% para 23% em 2014


 

Lusa/AO online   Economia   14 de Out de 2013, 15:06

O Governo vai reduzir a taxa de IRC de 25% para 23% já em 2014, e quer reduzir a taxa para entre os 17% e os 19% até 2016, anunciou o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

 

Paulo Núncio, que apresenta a proposta de reforma do IRC juntamente com o secretário de Estado Adjunto e da Economia, Leonardo Matias, afirmou que o Governo vai propor esta redução já para o próximo ano e que "o objetivo do Governo é reduzir a taxa de IRC ao longo dos anos de modo a fixá-la entre 17% e 19% já em 2016".

Segundo o governante, esta redução pretende colocar Portugal no lote dos países mais competitivos em termos de fiscalidade para as empresas, e colocar em melhor posição para competir com países como a Polónia, com quem concorre diretamente pela atração do investimento direto estrangeiro.

Paulo Núncio garante ainda que todas as empresas em Portugal vão beneficiar desta redução da taxa, mas que será especialmente favorável para as pequenas e médias empresas, porque as grandes empresas continuarão sujeitas a derrama estadual, permitindo dar um contributo acrescido de 5 pontos percentuais para efeitos de consolidação orçamental.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.