Açoriano Oriental
Governo adjudicou obras de ampliação do Porto de Rabo de Peixe, orçadas em 16 ME
O Governo dos Açores decidiu hoje adjudicar ao consórcio TECNOVIA Açores/SOMAGUE Ediçor as obras de ampliação, reordenamento e beneficiação do Porto de Rabo de Peixe, em S. Miguel, orçadas em 16 milhões de euros.
article.title

Foto: Atlântida TV
Autor: Lusa/AO Online

A obra, com um prazo de execução de 730 dias, pretende melhorar as condições de abrigo da zona portuária e prevê a criação de 100 postos de acostagem para embarcações de pesca, de atividades marítimo-turísticas e de recreio náutico.

A empreitada inclui ainda a construção de um novo molhe, com 290 metros, e o prolongamento do atual molhe em 40 metros.

Na reunião do Conselho de Governo hoje realizada em Santa Cruz da Graciosa, o executivo aprovou ainda a adjudicação à TECNOVIA Açores da empreitada de melhoramento da operacionalidade do Porto de Pescas de Porto Judeu, na Terceira, orçada em cerca de um milhão de euros.

Relativamente à ilha Graciosa, entre outros pontos, o Governo dos Açores decidiu iniciar os procedimentos para o lançamento do concurso para a construção do Porto de Recreio Náutico da Barra, uma velha aspiração local.

O concurso deverá ser lançado logo que esteja concluído o estudo de impacto ambiental e o estudo geológico.

Por outro lado, foi decidido iniciar o processo de limpeza das lixeiras dos Fenais e de Santa Cruz, tendo em vista a selagem das bolsas de resíduos ali existentes e a recuperação ambiental e paisagística daqueles locais.

Estas iniciativas decorrem na abertura do Centro de Processamento de Resíduos da Graciosa, hoje inaugurado no quadro da visita estatutária do Governo dos Açores a esta ilha do Grupo Central.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.