Golfista Ricardo Santos classifica como "sensação espantosa" vitória em Lucerna

Golfista Ricardo Santos classifica como "sensação espantosa" vitória em Lucerna

 

AO Online/ Lusa   Outras modalidades   9 de Jun de 2019, 20:21

O golfista português Ricardo Santos classificou este domingo como “uma sensação espantosa” a vitória no torneio ‘challenge’ de Lucerna, sete anos depois do último triunfo em provas do circuito europeu.

“Depois de tantos anos sem ganhar no Challenge Tour ou no European Tour, é uma sensação espantosa”, afirmou Ricardo Santos, em declarações à Federação Portuguesa de Golfe (FPG), acrescentando: “Sentia que o meu jogo estava em boa forma esta época e pensei que, se continuasse a jogar assim, teria boas hipóteses”.

Ricardo Santos, que fechou o torneio com um agregado de 269 pancadas, menos uma do que o alemão Moritz Lampert, segundo, admitiu que a última volta, na qual marcou 65 ‘shots’, não foi fácil.

"Hoje foi um dia difícil porque a chuva fez com que a bola não voasse como nos primeiros três dias. Eu e o Richard [Bland] começámos bem e fizemos alguns birdies seguidos. Ele colocou pressão em mim no buraco 17 quando meteu um enorme putt. Eu acho que quando jogamos com um bom jogador e esse jogador joga bem, isso faz com que nós mantenhamos o foco”, disse.

Ricardo Santos, que com este triunfo ascendeu ao segunda lugar do ‘ranking’ do ‘challenge tour’, tinha, há duas semanas, terminado em segundo lugar o torneio de Brno, na República Checa.

O golfista português soma três triunfos no ‘challenge tour’: venceu em 2012 o Open da Madeira (que na altura era também pontuável para o European Tour) e triunfou, em 2011, no Princess By Schüco, na Suécia.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.