GNR apreende mercadoria avaliada em 160 mil euros em armazém chinês de Vila do Conde


 

Lusa / AO online   Economia   17 de Out de 2009, 13:26

A Unidade de Acção Fiscal da GNR apreendeu mercadoria contrafeita avaliada em 160 mil euros durante uma fiscalização num armazém chinês de Vila do Conde, na Zona Industrial da Varziela, e constituiu arguido o alegado responsável pelo ilícito.

O Destacamento de Acção Fiscal do Porto precisa, em comunicado divulgado hoje, que o detido é um comerciante de nacionalidade chinesa, que está indiciado pela prática dos crimes de fraude sobre mercadorias, contrafacção, imitação e uso ilegal de marca.

Mais de 2600 sapatilhas, 117 malas de senhora e 2610 cachecóis integram o lote das mercadorias apreendidas, todas de marcas dominantes no mercado internacional.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.