Furacão Lorenzo encontrava-se a 2600 km a sudoeste dos Açores

Furacão Lorenzo encontrava-se a 2600 km a sudoeste dos Açores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   27 de Set de 2019, 12:31

O furacão Lorenzo poderá vir a afetar os Açores na próxima quarta-feira (dia 2 de outubro), prevendo-se no entanto que deverá perder intensidade à medida que se aproxima do arquipélago, informou a Delegação Regional dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Segundo comunicado da Delegação Regional dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, às 9 horas, desta sexta-feira, o furacão Lorenzo encontrava-se a 2600 km a sudoeste dos Açores, deslocando-se para norte/noroeste.


“É provável que o arquipélago seja afetado por este furacão, na próxima quarta-feira (dia 2 de Outubro), prevendo-se no entanto que deverá perder intensidade à medida que se aproxima dos Açores”.


O comunicado explica ainda que tendo em conta os últimos resultados dos modelos meteorológicos, existe uma maior probabilidade de os grupos Ocidental e Central serem os mais afetados.


No entanto, devido à distância a que o furacão se encontra, existe ainda um grau de incerteza relativamente à sua trajetória e respetiva intensidade com que poderá atingir o arquipélago.


Um novo comunicado será emitido, amanhã, dia 28 de setembro às 12 horas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.