Mercados

Fundos de pensões portugueses desvalorizam 0,3%


 

Lusa / AO online   Economia   1 de Fev de 2010, 11:46

Os fundos de pensões das empresas portuguesas deverão ter perdido, em média, 0,3 por cento em Janeiro, devido ao fraco desempenho do segmento accionista, divulgou esta segunda-feira a consultora Mercer.
Em termos de rentabilidades por classe de activos, as acções prejudicaram o desempenho dos fundos de pensões, com uma descida de 3,7 por cento em Janeiro, com os títulos europeus em destaque pela negativa (-3,8 por cento).

Já a valorização do segmento obrigacionista em Janeiro foi de 0,8 por cento, evitando perdas maiores no primeiro mês do ano.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.