França e Croácia repetem 'onzes' das meias-finais

França e Croácia repetem 'onzes' das meias-finais

 

Lusa/Ao online   Futebol   15 de Jul de 2018, 15:49

A França e a Croácia vão-se defrontar hoje na final da 21.ª edição do Mundial de futebol, no Estádio Luzhniki, em Moscovo, precisamente com os mesmos ‘onzes’ que apresentaram nos embates das meias-finais.

Os gauleses, que há cinco dias bateram a Bélgica por 1-0, em São Petersburgo, vão começar com Lloris na baliza, uma defesa com Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández, dois médios centrais (Kanté e Pogba) e um trio (Mbappé, Griezmann e Matuidi) no apoio a Giroud.

Por seu lado, e em relação ao ‘onze’ que, na quarta-feira superou a Inglaterra, por 2-1 após prolongamento, também no Luzhniki, a Croácia, em esquema idêntico, apresenta Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic, à frente de Subasic, um meio-campo com Brozovic e Rakitic, mais recuados, e Rebic, Modric e Perisic mais à frente, com Mandzukic como ponta de lança.

A França repete, assim, mais de metade da equipa da final do Europeu de há dois anos, que perdeu para Portugal, por culpa de um golo de Éder, já que Lloris, Umtiti, Matuidi, Pogba, Griezmann e Giroud tinham iniciado o jogo com a formação das ‘quinas’.

As novidades são, assim, Pavard, Varane, Lucas Hernández, Kanté e Mbappé, que substituem Sagna, Koscielny, Evra, Sissoko e Payet, o responsável, em 2016, pela lesão de Cristiano Ronaldo, obrigado a abandonar a final ainda na primeira parte.

Em 2016, a Croácia também defrontou Portugal, nos oitavos de final, perdendo igualmente no prolongamento, num embate resolvido por Ricardo Quaresma, aos 117 minutos.

Em relação ao ‘onze’ apresentado nesse encontro, a Croácia mantém quase toda a equipa, mais precisamente oito jogadores (Subasic, Vida, Strinic, Modric, Brozovic, Rakitic, Perisic e Mandzukic).

Dessa formação inicial, apenas não repetem a titularidade Srna, que não está na Rússia, e ainda Corluka e Badelj, que hoje começam no banco de suplentes.

O encontro entre a França e a Croácia, correspondente à 21.ª final do Mundial de futebol, realiza-se no Estádio Luzhniki, em Moscovo, a partir das 18:00 locais (16:00 em Lisboa), com arbitragem do argentino Nestor Pitana.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.