Tauromaquia

Festa Brava da Terceira candidata a Património da Humanidade

Festa Brava da Terceira candidata a Património da Humanidade

 

Lusa/AO online   Regional   21 de Out de 2010, 17:56

A Câmara de Angra do Heroísmo já apresentou o pedido de classificação da Festa Brava da Terceira como Património Imaterial da Humanidade, revelou esta quinta-feira Andreia Cardoso, presidente da autarquia.
A autarca, que falava na sessão de abertura do IX Congresso Mundial de Ganaderos de Toiros de Lide, a decorrer na Terceira, anunciou que está a decorrer o processo que visa a classificação da 'Festa Brava' desta ilha açoriana.

“Ao longo de 476 anos de história, estamos inquestionavelmente ligados aos toiros”, afirmou a presidente da Câmara, frisando que a festa taurina na Terceira “é um fenómeno”.

Nesse sentido, considerou que este congresso é “um momento importante para Angra do Heroísmo, para os Açores e para Portugal”, não só pelas questões que serão abordadas ao longo de três dias, mas também “como reforço da dinamização do turismo de congressos”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.