Fenprof passa "a bola" ao ministério e não abdica do fim das quotas

Fenprof passa "a bola" ao ministério e não abdica do fim das quotas

 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Dez de 2009, 16:57

 O secretário-geral da Fenprof afirmou hoje que "a bola" está "do lado do Ministério da Educação" no que respeita a um acordo com os sindicatos, actualmente num impasse devido às quotas da avaliação e às vagas na carreira docente.

"A próxima reunião [quarta-feira] vai ser fundamental para percebermos se vai ou não haver acordo", disse Mário Nogueira aos jornalistas, após uma nova sessão negocial com o secretário de Estado Adjunto e da Educação, Alexandre Ventura.

Mário Nogueira reafirmou que enquanto se mantiverem quotas para a atribuição das classificações de "muito bom" e "excelente" e também a limitação de vagas para a transição em três escalões da carreira não será possível chegar a acordo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.