Fátima Madruga expõe "Violas e Portugal Intemporal" no Pico

Fátima Madruga expõe "Violas e Portugal Intemporal" no Pico

 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   2 de Set de 2019, 16:27

A quarta edição do Festival Cordas, que decorre na ilha do Pico, entre 11 e 15 de setembro, contará com a arte de Fátima Madruga, através da exposição intitulada: "Violas e Portugal intemporal", na Atlântico Teahouse, no primeiro dia, ficando patente na galeria localizada na Areia Larga, até dezembro de 2019.

Fátima Madruga iniciou a sua caminhada quando jovem com a gravação em marfim que pode ser encontrada em várias partes do mundo, em especial no Museu de Scrimshaw do Peter Café Sport, refere comunicado da MiratecArts, organizadora do Festival.


“A artista é autodidata com curso à distância em Desenho e Pintura de J. M. Parramón. A pintura ocupa a maior parte da sua vida artística, expondo desde 1982 por todas as ilhas dos Açores até ao Estoril, ao Algarve e à Galiza. As suas obras encontram-se espalhadas pelos quatro cantos do planeta. Tem vindo a colaborar com MiratecArts desde o início da associação e através da plataforma discoverazores.eu”, lê-se na nota.


Saliente-se que Fátima Madruga publicou este ano dois volumes de "Contos Infantis para Adultos" com uma coleção de ilustrações e contos inspirados no Portugal intemporal e na fantasia infantil.


No futuro, a artista pretende dinamizar a sua "Casa Preta" na freguesia de Santa Luzia, Pico, como um espaço Museu.


Em termos das artes plásticas, a quarta edição do Festival Cordas irá contar com a artista micaelense Andreia Sousa que estará em residência e, ainda com uma exposição de recolha de fotografias pelo diretor artístico da MiratecArts, Terry Costa,"Tocadores da Viola da Terra no Pico" que ficará patente ao público na Biblioteca Auditório da Madalena até 2 de outubro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.