Açoriano Oriental
Açores/Governo
Executivo vai criar planos de desenvolvimento rural para cada ilha

O Programa do XIII Governo dos Açores, entregue no parlamento, preconiza planos de desenvolvimento rural específicos para cada ilha, a par da economia verde em espaços ecológicos e da promoção de emprego para os jovens.

Executivo vai criar planos de desenvolvimento rural para cada ilha

Autor: Lusa/AO Online

A Aliança Democrática insular (PSD/CDS-PP e PPM), que forma o executivo, pretende um desenvolvimento “integrado” que valorize os solos, a sua rentabilidade e uma "capacidade de transformação e de comercialização adequadas".

O executivo açoriano pretende “contribuir para o mercado local e regional e para a vocação exportadora de cada fileira agrícola em cada ilha”, a par da “reestruturação voluntária das explorações agrícolas, que assegure a totalidade dos apoios anuais ao rendimento dos produtores".

O documento sustenta um “reajustamento das produções, face à valorização dos mercados, ao interesse dos operadores da indústria e do comércio e às condições de uma agricultura ecológica”.

O executivo açoriano pretende promover “uma forte aposta na requalificação das explorações, com especial destaque para a produção de leite e de carne em pastoreio, com recurso à excelência da produção forrageira de pastagens, assegurada através de apoio técnico e financeiro adequado”.

Vão ser desenvolvidas políticas integradoras da agricultura, turismo e ambiente “numa cadeia de elevado valor acrescentado para mercados e consumidores preferenciais, enquadrados em planos de desenvolvimento rural específicos para cada ilha”.

Pretende-se valorizar a economia verde em espaços ecológicos através de um distintivo de "interesse ambiental e potencial para desenvolvimento de atividades agrorurais diversificadas".

O Programa do Governo Regional subscreve a certificação ecológica de explorações agrícolas no âmbito da produção de bovinos de leite e de carne, visando a “contratualização com os diversos operadores da indústria e do comércio, através de condições favoráveis à colocação em mercados especializados dos produtos associados à designação 'Eco Açores Sustentável'”.

Vai ser feita uma aposta no acesso à terra de jovens agricultores com “planos de reorganização fundiária e de emparcelamento através de regimes específicos de aquisição e arrendamento”, a par da criação de emprego na economia rural através do “Programa Rural Açores Jovem”, extensivo à família dos jovens agricultores nos Açores.

O documento prevê ainda a Criação do Conselho Científico para a Inovação Agro-alimentar.



PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.