Açoriano Oriental
“Estimamos que um caso não exceda três meses paraa sua resolução”

Mário Reis, secretário geral da Associação de Consumidores dos Açores (ACRA) explica as vantagens do surgimento ainda este ano do Centro de Informação, Mediação e Arbitragem da Região Autónoma dos Açores (CIMARA), que vai resolver conflitos de consumo no máximo em três meses e com menos custos face ao tribunal

premium
“Estimamos que um caso não exceda três meses paraa sua resolução”

Autor: Rui Jorge Cabral
O Centro de Informação, Mediação e Arbitragem da Região Autónoma dos Açores (CIMARA) deu recentemente mais um passo importante para a sua concretização. Quando espera a ACRA que ele possa entrar em funcionamento?Antes de mais e em jeito de introdução gostaria de começar por sublinhar que a...
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados