Empréstimos do BCE aos bancos portugueses diminuem 3,7 mil milhões de euros para 56,8 mil ME

Empréstimos do BCE aos bancos portugueses diminuem 3,7 mil milhões de euros para 56,8 mil ME

 

  Economia   6 de Ago de 2012, 11:40

O financiamento dos bancos portugueses junto do Banco Central Europeu caiu para 56,8 mil milhões de euros no final de julho, após atingir um máximo histórico de 60,5 mil milhões de euros em junho.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, os empréstimos dados pelo BCE aos bancos residentes em Portugal terão caído 3.666 milhões de euros entre junho e julho.

Este valor surge um mês depois do financiamento junto do BCE ter ultrapassado os 60 mil milhões de euros, o valor mais alto de sempre.

Parte deste valor, que tem batido recordes sucessivos, diz respeito à participação dos bancos portugueses no leilão de financiamento operado pelo BCE em fevereiro, quando emprestou 529,5 mil milhões de euros a três anos.

Em dezembro de 2011, a instituição realizou o primeiro destes leilões a mais longo prazo, também com uma maturidade a três anos, emprestando aos bancos europeus 489,2 mil milhões de euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.