Eliminadas taxas para a adoção de animais em Ponta Delgada

Eliminadas taxas para a adoção de animais em Ponta Delgada

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   12 de Dez de 2017, 16:55

A Assembleia Municipal de Ponta Delgada aprovou uma proposta que isenta o pagamento de taxas a quem decidir adotar um animal no Centro de Recolha Oficial (CRO) de Animais do concelho. Além disso, votou favoravelmente a aplicação de taxas a quem os decida abandonar.

Numa nota de imprensa enviada a este jornal, a autarquia explica que estas medidas visam incentivar os processos de adoção, aumentar o sentido de responsabilidade social pelos animais e fazer face às despesas decorrentes do crescente número de animais alojados no CRO, comummente designado por canil municipal.

O novo regulamento do canil municipal define, agora, que o adotante tem de assinar um termo de responsabilidade e que os animais só são entregues após o registo e licença, dos mesmos, na respetiva Junta de Freguesia.

Quanto às taxas por “abandono”, os valores mínimos estipulados são de 25 euros para os gatídeos, até três quilogramas, e de 50 euros para os canídeos, até 25 quilogramas. A estes valores serão acrescentados mais 1,25 euros por cada quilograma que exceda o limite de peso definido.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.