Açoriano Oriental
Eleições Europeias começaram esta quinta-feira
As eleições para a escolha dos deputados do novo Parlamento Europeu, começam esta quinta-feira  em dois dos 27 Estados-membros da União Europeia, Reino Unido e Holanda.
Eleições Europeias começaram esta quinta-feira

Autor: Lusa / AO Online

No total, cerca de 375 milhões de eleitores dos 27 parceiros comunitários serão chamados às urnas até domingo para eleger 736 deputados, um número inferior aos 785 actuais - uma alteração decidida pelo Tratado de Nice em 2000 e que aguarda a ratificação do Tratado de Lisboa, que implicará uma nova alteração para 754.

Depois dos britânicos e dos holandeses, na sexta-feira será a vez da Irlanda e da República Checa (dois dias), seguindo-se, no sábado, a Eslováquia, Letónia, Malta e Chipre.

Os restantes 19 Estados-membros, entre os quais Portugal, realizam as eleições no domingo.

Portugal tem actualmente 24 eurodeputados (12 do PS, sete do PSD, dois do CDS-PP, dois do PCP e um do BE), número que passará para 22.

Os conservadores do Partido Popular Europeu (PPE), onde se incluem os deputados portugueses do PSD e do CDS-PP, são os grandes favoritos para ganhar as eleições tendo já avançado com o nome do polaco Jerzy Buzek para a presidência da instituição.

O desinteresse dos cidadãos por estas eleições tem aumentado desde a primeira vez que se realizou uma eleição por sufrágio universal, há 30 anos, para escolher os deputados europeus.

Apesar de os poderes do Parlamento Europeu terem aumentado progressivamente, as taxas de participação nas eleições europeias têm vindo a decrescer: de 62 por cento no primeiro acto eleitoral em 1979 para 50 por cento em 1999 e 45 por cento em 2004.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.