Energia

EDP pede 260 ME para reforçar potência no Alqueva e Venda Nova


 

Lusa / AO online   Economia   9 de Nov de 2009, 16:40

A EDP pediu ao Banco Europeu de Investimento um financiamento de 260 milhões de euros para dois projectos nas centrais hídricas do Alqueva (Rio Guadiana) e da Venda Nova (Rio Cávado), representando metade do valor total do investimento.
O projecto, que deu entrada no BEI na sexta-feira, diz respeito ao reforço de potência nas duas barragens, com o objectivo de "aumentar a capacidade de pico e reforçar o fornecimento a serviços auxiliares".

De acordo com o BEI, "as duas centrais vão gerar energia durante as horas de pico ('peak hours') e a sua capacidade instalada poderá ser usada para reserva secundária". "Estes projectos também vão contribuir para o crescimento sustentado da energia eólica no sistema eléctrico nacional", escreve o BEI.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.