Açoriano Oriental
1ª Liga
Daniel Ramos diz que “ruído” sobre saídas “não perturba o grupo de trabalho”

O treinador do Santa Clara, da I Liga de futebol, disse que o “ruído” em torno de entradas e saídas não “perturba o grupo de trabalho”, considerando parte de um “processo normal” nesta altura da época.


Autor: Lusa/AO Online

“É um ruído normal. O barulho, ruído, não perturba o grupo de trabalho. Encaramos isso como um processo normal. As saídas no arranque da época são possíveis, são normais e chegadas mais tardias de um ou outro jogador também fazem parte do processo”, declarou Daniel Ramos aos jornalistas.

O técnico dos açorianos falava no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, no início do último dia de treinos do plantel nos Açores, antes da partida da equipa para o estágio no norte do país.

No treino, participou o jogador Zaidu, que nas últimas semanas tem sido associado a uma possível transferência para o FC Porto.

Daniel Ramos referiu estar a fazer a “avaliação do plantel” e avançou que “pelo menos” chegarão dois reforços para o centro da defesa.

“Aquilo que me importa neste momento é perceber se existem necessidades urgentes, que por um lado é a entrada de centrais. Neste momento só estamos com dois centrais e pelo menos mais dois entrarão no plantel”, afirmou.

O técnico do conjunto insular fez um balanço “positivo” da primeira semana e meio de trabalhos, destacando o “bom empenho” dos jogadores.

“O balanço é positivo, bem positivo. [Houve] uma apresentação de uma ideia de jogo, que foi bem aceite, uma procura de, rapidamente, os jogadores perceberem aquilo que queremos. Do ponto vista generalista, um aumento do nível das qualidades físicas, táticas, técnicas”, resumiu.

O treinador de 49 anos destacou a importância dos cinco jogos de preparação que se avizinham para “aferir” a “evolução da equipa”.

“Estamos sempre numa situação em que precisamos de jogos para aferir a evolução da equipa e as necessidades que a equipa tem. Estes cinco jogos que iremos ter certamente vão dar indicadores, e, em função desses indicadores, [podermos fazer] os tais ajustes à equipa”, disse.

O Santa Clara parte na quinta-feira para Vila Meã para realizar o estágio de pré-época, que irá decorrer de 27 de agosto a 05 de setembro.

Durante o estágio, a equipa açoriana vai defrontar o Penafiel (a 28 de agosto) e o Vizela (a 04 de setembro), da II Liga, e o Nacional (a 30 de agosto), Moreirense (a 02 de setembro) e Sporting de Braga (a 05 de setembro) da I Liga.

Para atacar a próxima temporada, o Santa Clara já contratou Júlio Romão (ao Atlético Paranaense, do Brasil), Gustavo Viera (aos uruguaios do Liverpool de Montevideo), André Mesquita (ao Marítimo B), Jean Patric (Académico de Viseu) e Mansur (ex-Atlético Mineiro, do Brasil).

No sentido inverso, estão confirmadas as saídas de Mamadu, Zé Manuel, César e de Francisco Ramos.

Depois de duas épocas sob o comando técnico de João Henriques na I Liga, o Santa Clara irá ser orientado em 2020/21 pelo treinador Daniel Ramos, naquela que é a terceira presença consecutiva no principal escalão do futebol nacional, um feito inédito na história do clube.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.