Açoriano Oriental
Covid-19: Itália fecha discotecas e obriga uso de máscara em lugares públicos à noite

A Itália determinou este domingo o encerramento das discotecas e tornou obrigatório o uso de máscaras à noite em locais públicos, para impedir a propagação da pandemia de covid-19.

Covid-19: Itália fecha discotecas e obriga uso de máscara em lugares públicos à noite

Autor: AO Online/ Lusa

O ministro da Saúde, Roberto Speranza, assinou um decreto-lei, que entra em vigor a partir de segunda-feira, e que torna obrigatório o uso de máscara entre as 18:00 e as 06:00 horas em locais públicos onde haja “aglomeração de pessoas”, noticiou a agência France Press (AFP).

O decreto-lei também suspende a atividade nas discotecas ao ar livre e nos estabelecimentos de diversão noturna.

Apesar de o número de infeções ter diminuído no país, o Governo italiano decidiu tomar esta medida já que as discotecas e os estabelecimentos de diversão noturno podem estar na origem de novos focos de infeções.

Enquanto durante a primeira onda da pandemia e nos meses de confinamento a região italiana mais afetada foi a Lombardia, nos últimos dias a maior incidência de novos casos situa-se em Véneto, uma região no norte do país, cuja capital é Veneza.

Na região de Véneto registaram-se, nas últimas 24 horas, mais 78 casos, seguindo-se a região de Lácio, com capital em Roma, com 68 novos casos.

Segundo as autoridades italianas, a origem dos novos contágios está associada à chegada de turistas ao país, a italianos que regressam de férias no estrangeiro e a atividades de lazer noturnas.

Hoje reuniram-se os governadores das regiões que concordaram com o encerramento das discotecas e espaços de dança em todo o país, uma medida que, até agora, vigorava apenas em Calábria e Basilicata.

Entretanto, a Itália registou 479 novos casos de infeções pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um número inferior ao dos dias anteriores, que pode ser justificado pela diminuição dos testes efetuados, avança a agência de noticias espanhola.

No sábado, após ter registado 626 novos casos de covid-19, numa semana em que se verificaram números superiores ou próximos de 500 casos por dia, a Itália denotou hoje uma diminuição do número de casos diários, com 479.

Sobe, assim, para 253.915 o total de infetados no país.

O número de mortes diárias, por sua vez, também diminuiu face aos últimos dias, registando-se quatro mortes, elevando para 35.396 o número total de óbitos causados pelo novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 766 mil mortos e infetou mais de 21,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.