Congresso PSD/A

Costa Neves satisfeito com colaboração de Natalino Viveiros


 

Lusa / AO online   Regional   29 de Nov de 2007, 14:24

O líder do PSD/Açores anunciou que tem existido uma "colaboração frutuosa" com Américo Natalino Viveiros, seu opositor nas recentes eleições directas, que poderá resultar na apresentação de listas únicas no Congresso deste fim-de-semana.
Em declarações à agência Lusa, um dia antes do início do XVII Congresso Regional do PSD/Açores, Carlos Costa Neves adiantou que tem conversado com Américo Natalino Viveiros, depois das directas para a eleição do líder do partido que decorreram a 09 de Novembro.

Tem existido uma "colaboração frutuosa" com o militante Américo Natalino Viveiros, afirmou o líder dos social-democratas açorianos, para quem esta eventual conciliação de posições poderá resultar mesmo na apresentação de listas unitárias aos órgãos regionais do partido.

Costa Neves foi reeleito presidente do PSD/Açores com 67,2 por cento dos votos, enquanto que Américo Natalino Viveiros, antigo secretário regional dos governos social-democratas, obteve 31,5 por cento.

Sobre o Congresso de Ponta Delgada, Costa Neves manifestou-se convicto que o partido vai sair "fortalecido" e "completamente unido" à volta dos novos dirigentes que serão eleitos.

Sublinhando que este Congresso, que termina sábado, será a antecâmara para o combate das eleições regionais de 2008, o líder regional do PSD adiantou que parte para a reunião-magna com a expectativa de que o partido clarificará a sua posição como alternativa à governação socialista nas ilhas.

A sessão de encerramento do congresso do PSD/Açores está programada para o início da noite de sábado, com a presença do líder nacional do partido, do vice-presidente e do secretário-geral.

Para Carlos Costa Neves trata-se de um "sinal inequívoco" do apoio do partido a nível nacional à sua liderança e à estrutura regional do PSD.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.