Eleições regionais

Costa Neves critica sub-financiamento da Saúde nas ilhas


 

Lusa/AO online   Regional   26 de Ago de 2008, 15:51

    O líder do PSD/Açores acusou o Governo Regional socialista de “manter um défice de financiamento de 40 por cento no sector da Saúde”, alegando que isso implica uma “menor qualidade de vida das populações”.
“O sector da Saúde está a ser sub-financiado, há dívidas por todos os lados, algumas encobertas, uma situação que tem de acabar, a par do aumento dos médicos e enfermeiros de família como resposta imediata aos problemas”, sustentou o líder social-democrata açoriano.

    Costa Neves prometeu que, se ganhar as eleições regionais de Outubro, vai “colocar o sector da Saúde nos cuidados intensivos, para o curar com mais 70 ou 80 milhões de euros”.

    Explicou também que, não sendo os orçamentos públicos elásticos, é necessário combater os “desperdícios do dinheiro mal gasto, nomeadamente ao exagero dos dois ou três milhões de euros gastos pelo Governo em animações de Verão, além de dinheiro gasto em obras ostentatórias”.

    “É preciso redefinir prioridades e a Saúde é uma prioridade em relação a essas obras e animações”, frisou o candidato social-democrata a presidente do Governo Regional.

    Costa Neves falava aos jornalistas na colocação pública do primeiro cartaz com a mensagem “Se está farto de esperar por uma consulta, então temos muito em comum. Melhor é possível”, com que deu o arranque na pré-campanha para as regionais de 19 de Outubro.

    Para o líder do PSD/Açores, importa “assegurar maior proximidade dos serviços de Saúde aos cidadãos”, razão pela qual garantiu que pretende abrir postos de saúde em cada uma das freguesias com médicos e enfermeiros de família.

    “Com esta e outras acções, vamos acabar com as listas de espera”, afirmou.

    Comprometeu-se ainda aumentar, inter-ilhas, para o continente e para o estrangeiro, as comparticipações dos doentes que se deslocam das suas ilhas de residência para receber tratamentos ou fazer exames.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.