Assembleia Geral

Contas do Santa Clara aprovadas em reunião com incidente

Contas do Santa Clara aprovadas em reunião com incidente

 

Susete Rodrigues/Arthur Melo   Futebol   1 de Out de 2010, 11:11

Os sócios do Santa Clara aprovaram por maioria as contas referentes ao ano de 2009/2010, na Assembleia Geral que teve lugar na noite de quinta-feira.
O início da reunião não foi pacífico, já que um dos sócios, Luciano Melo, foi impedido de entrar na sede do Clube Desportivo Santa Clara por, alegadamente, não ter as suas quotas em dia.

Gerou-se alguma confusão à porta da sede do clube de Ponta Delgada, onde, inclusive, compareceu a PSP, alertada pelo referido sócio, que tomou conta da ocorrência.

No que diz respeito às contas, o passivo do Clube Desportivo Santa Clara baixou de 11 milhões de euros para 8 milhões de euros.

Em termos de receita ronda 3,4 milhões de euros, e de despesa 3,2 milhões de euros, verificando-se assim um saldo positivo de 200 mil euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.