Casamento homossexual

Conferência Episcopal lamenta legalização do casamento gay


 

Lusa / AO online   Nacional   18 de Mai de 2010, 11:38

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa considerou esta terça-feira que deveriam ter sido adoptadas outras soluções que permitissem legalizar a união entre pessoas do mesmo sexo, ao invés da figura jurídica do casamento.
"A Igreja não tem atitudes discriminatórias contra ninguém e está plenamente convencida de que a situação destas pessoas poderia ser resolvida de um modo diferente. Isto é, não equiparando ao estatuto da família", afirmou o arcebispo Jorge Ortiga, numa reacção à promulgação do diploma que legaliza o casamento entre homossexuais pelo Presidente da República, Cavaco Silva.

A posição do presidente da Confederação Episcopal Portuguesa assemelha-se à do Chefe de Estado que, num comunicado ao país, na segunda-feira à noite, lamentou que as forças partidárias portuguesas não tenham optado por uma solução diferente.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.