Defesa

Comando da zona Militar dos Açores recebe prémio ambiente

Comando da zona Militar dos Açores recebe prémio ambiente

 

LUsa/AO On line   Regional   17 de Jun de 2010, 06:44

O Comando da Zona Militar dos Açores venceu o Prémio Defesa e Ambiente 2009, no valor de 27 mil euros, a usar em projectos ambientais, pelo trabalho realizado na bacia hidrográfica da Lagoa das Furnas, em São Miguel.
Na cerimónia de anúncio do prémio, que decorreu no Forte São Julião da Barra, em Oeiras, o ministro da Defesa Nacional, Augusto Santos Silva, elogiou a “excelente prática de desenvolvimento, não só de consciência e preocupação ambiental, mas também de participação activa das Forças Armadas em projectos de valorização ambiental”.

Augusto Santos Silva salientou as “acções concretas” do Comando da Zona Militar na Bacia Hidrográfica da Lagoa das Furnas, que “passaram pela utilização dos sistemas militares para a recuperação de jardins, para o levantamento de estruturas e para a plantação de flora nativa”.

Para o ministro, “fazendo isto, as Forças Armadas Portuguesas estão a fazer uma das suas mais importantes missões: a cumprir o artigo 275.º da Constituição da República Portuguesa: contribuir para a melhoria do bem-estar das populações e da sua qualidade de vida”.

Também a ministra do Ambiente e Ordenamento do Território, Dulce Pássaro, participou na cerimónia, elogiando a situação actual, em que “as políticas ambientais são transversais ao exercício de outras políticas”.

“Não havia [no início da década de 90] por parte dos dirigentes das organizações o grau de sensibilidade que hoje existe para a importância de serem integradas as políticas ambientais nas actividades das organizações”, lembrou.

Os ministérios da Defesa Nacional e do Ambiente e Ordenamento do Território receberam quatro candidaturas para o prémio: duas da Marinha, uma do Exército e outra das Forças Armadas.

O prémio foi criado em 1993 pelas duas entidades e desde então recebeu 84 candidaturas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.