Europeias/Eslovénia

Coligação conservadora vence eleições com vantagem confortável


 

Lusa/AO online   Internacional   26 de Mai de 2019, 22:26

A coligação conservadora SDS-SLS, na oposição, venceu destacada as eleições europeias na Eslovénia com 26,5%, segundo os dados oficiais ainda incompletos da Comissão eleitoral estatal.

Os conservadores que integram o Partido Popular Europeu (PPE), garantem três dos oito lugares que cabem à Eslovénia no Parlamento europeu.

O partido liberal LMS (ALDE), do primeiro-ministro Marjan Sarec, alcançou 15,6% (dois lugares), e os sociais-democratas, parceiros no Governo, obtêm perto de 19% e também a eleição de dois eurodeputados.

O partido conservador Nova Eslovénia (NSi), na oposição, alcançou 11,1% e elegeu um representante para Bruxelas.

A taxa de participação atingiu os 28%, mais 3,5% pontos percentuais que os registados há cinco anos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.