Açoriano Oriental
1ª Liga
Ciclo infernal começa com uma saída à Capital do Móvel

Os próximos dois jogos do Santa Clara no Estádio de São Miguel serão com Sporting e FC Porto. Pelo meio há quatro saídas, três delas consecutivas. O ciclo inicia-se no próximo domingo em Paços de Ferreira

Ciclo infernal começa com uma saída à Capital do Móvel

Autor: Artur Melo

O Santa Clara apenas vai disputar, no próximo mês e meio, dois jogos no Estádio de São Miguel. Curiosamente, ambas as partidas são de elevado grau de dificuldade, já que os adversários são dois dos três grandes do futebol português.

Pelo meio, a equipa encarnada de Ponta Delgada vai ter de realizar quatro jogos fora de portas, sendo que três são consecutivos (dois para a I Liga e um para a Taça de Portugal). A amenizar a situação está o facto de os adversários na I Liga serem equipas do mesmo campeonato do Santa Clara, podendo os encarnados ter de defrontar uma equipa de escalão inferior na Taça de Portugal.

O primeiro a visitar os Açores é o Sporting, o único grande que o Santa Clara ainda não conseguiu vencer na história. A receção à formação leonina está agendada para o final da tarde de 24 de outubro, véspera das eleições para a Assembleia Legislativa Regional dos Açores.

Antes, a equipa de Daniel Ramos vai ter de atuar no Estádio Capital do Móvel, recinto onde na temporada passada o Santa Clara venceu por uma bola zero, golo apontado por Thiago Santana.

Na ocasião foi a primeira vitória conquistada pelo Santa Clara no campeonato, mas esta temporada os açorianos apresentam-se frente aos castores com dois triunfos e um empate (três golos marcados e nenhum sofrido) amealhados e posicionados na segunda posição da prova com sete pontos.

A equipa de Pepa está no fundo da tabela, com apenas um ponto conquistado, tendo perdido os últimos dois jogos pela margem de um golo, depois de ter iniciado a prova com uma igualdade 1-1 em Portimão.

Será no Algarve, frente à equipa do ex-treinador encarnado, Paulo Sérgio, que o Santa Clara fará o primeiro de três jogos consecutivos fora de portas após a receção ao Sporting.

A visita a Portimão está agendada para o feriado de 1 de novembro e antecede a deslocação à região de Viseu para defrontar o Tondela.

Nas últimas duas temporadas o Santa Clara não perdeu nem no Municipal de Portimão, nem no Estádio João Cardoso, respetivamente.

Frente ao Portimonense, os encarnados de Ponta Delgada conquistaram duas igualdades (2-2 e 1-1), tendo conseguido melhores resultados frente aos beirões: depois de um triunfo por 3-1 em 2018/2019 (triunfo que na altura permitiu ao Santa Clara a conquista da manutenção a duas jornadas do fim), o ano passado registou-se um nulo.

A terceira e última saída desta fase está agendada para 22 de novembro, altura em que se vai jogar a terceira eliminatória da Taça de Portugal. É que na ronda em que entram os conjuntos da I Liga, estas equipas jogam sempre na condição de visitantes.

O ciclo termina no final de novembro, quando no dia 28 receber, no Estádio de São Miguel, o campeão nacional em título, FC Porto.

A título de curiosidade, na última temporada encarnados de Ponta Delgada e dragões defrontaram-se por quatro ocasiões (dois jogos para a I Liga, um da Taça da Liga e outro da Taça de Portugal), tendo o conjunto de Sérgio Conceição ganho todos os desafios.

Os primeiros três jogos (I Liga, Taça da Liga e Taça de Portugal) foram no Estádio do Dragão, enquanto que o quarto foi no Estádio de São Miguel. Partida que viria a ser a última disputada pelo Santa Clara em casa na época 2019/2020 (2 de março), já que no período da retoma os encarnados fizeram da Cidade do Futebol ,em Oeiras, o seu recinto para atuar na condição de visitado.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.