Chefes de governo de Espanha e Itália preparam segunda-feira frente comum para a UE

Chefes de governo de Espanha e Itália preparam segunda-feira frente comum para a UE

 

Lusa/AOOnline   Internacional   27 de Out de 2012, 13:12

Os chefes dos governos espanhol e italiano, Mariano Rajoy e Mario Monti respetivamente, reúnem-se na segunda-feira em Madrid numa cimeira bilateral, encontro que servirá para coordenar posições, nomeadamente sobre a futura união bancária e fiscal comunitária.

 

A última cimeira hispano-italiana foi realizada em 2009, na Sardenha (Itália), na altura presidida pelo primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero e pelo seu homólogo italiano, Silvio Berlusconi. Já então a crise financeira foi o tema de fundo do encontro bilateral.

Segundo a agência noticiosa espanhola EFE, o programa da XVII cimeira hispano-italiana, que irá decorrer no Palácio da Moncloa (sede do Governo espanhol), arranca na segunda-feira de manhã com reuniões entre os governantes e ministros espanhóis e italianos. A cimeira será concluída com uma conferência de imprensa conjunta.

No mesmo dia, Rajoy e Monti vão participar no “Fórum de Diálogo Espanha-Itália”, encontro que pretende aprofundar as relações bilaterais. Esta iniciativa é realizada pelos dois países de forma alternada desde 1999.

A par do reforço das relações bilaterais, que fontes diplomáticas espanholas citadas pela EFE classificam como “excelentes e sem falhas”, Rajoy e Monti vão aproveitar esta cimeira para analisar o desenvolvimento e as conclusões do último Conselho Europeu, realizado na semana passada em Bruxelas.

Os chefes dos governos espanhol e italiano, apoiados pelo Presidente francês, François Hollande, defendem que a União Europeia (UE) tem de cumprir o quanto antes as resoluções adotadas na cimeira de junho passado para a criação de uma união bancária e fiscal.

Rajoy e Monti vão utilizar a cimeira em Madrid para reiterar a necessidade de que a UE não pode adiar a implementação das medidas e que deve acelerar o processo de forma a transmitir uma mensagem de confiança.

Durante os últimos meses, os encontros entre os dois líderes têm sido regulares.

Antes do último Conselho Europeu, Rajoy e Monti reuniram-se em Roma no dia 21 de setembro, aproveitando a presença do chefe do Governo espanhol no Congresso da Internacional Democrata Centrista.

Em agosto, no dia 02, os dois líderes encontraram-se em Roma e no passado dia 05 de outubro estiveram na cimeira do grupo denominado “5+5”, que junta cinco estados-membros da UE do sul da Europa e cinco países do norte de África, que decorreu em Malta.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.