Eleições Regionais

César apela a eleitores para não ficarem em casa

César apela a eleitores para não ficarem em casa

 

Lusa/AO online   Regional   2 de Out de 2008, 09:38

O líder do PS/Açores apelou quarta-feira à noite aos eleitores do Arquipélago para que não deixem de ir às urnas a 19 de Outubro, alegando a importância de votar para dar força à autonomia regional.
 “Se acharem que os Açores não estão a ser bem governados, votem noutro partido - mas votem”, afirmou Carlos César, para quem “é importantíssimo votar para dar força à autonomia, à democracia e aos Açores”.

    O líder dos socialistas açorianos falava num comício no Corvo, a mais pequena ilha do Arquipélago, por onde começou a última ronda de campanha eleitoral pela Região antes das legislativas regionais do dia 19.

    Depois de salientar que “existem muitas e boas razões” para votar no PS, Carlos César, que se candidata a um quarto mandato como presidente do Governo Regional, salientou ser “fundamental ninguém ficar em casa” no dia do sufrágio.

    “Aqueles que ficarem em casa, dizendo que o Governo é muito bom, que eu sou um bom presidente e que o PS já ganhou, depois não se queixem se eu não ganhar”, alertou Carlos César.

    Perante uma sala cheia de apoiantes num restaurante da Ilha, Carlos César anunciou que pretende resolver os problemas de habitação degradada no Corvo no espaço de uma legislatura, caso vença as eleições regionais.

    “Podemos concentrar o nosso esforço aqui no Corvo e, de uma vez, entrar na Ilha e elaborar todos os projectos que são necessários de recuperação das habitações e resolver o problema nesta legislatura”, disse.

    O líder do PS/Açores comprometeu-se, ainda, continuar com o programa de deslocação de médicos especialistas à Ilha, a aumentar a comparticipação dos doentes que se desloquem do Corvo e a instalar um sistema de vídeo-conferência para permitir o acompanhamento de consultas à distância.

    Além disso, prometeu ligar o Corvo ao anel de fibra óptica dos Açores, um investimento de “modernidade” de “muitos milhões” com benefício para as comunicações a uma ilha do Grupo Ocidental com cerca de 400 habitantes.

    Aproveitou, ainda, para salientar que o PS/Açores se “orgulha” da obra que o Governo desenvolveu no apoio aos idosos e acusou o líder do PSD/Açores, Costa Neves, de anunciar medidas já avançadas pelo executivo regional nesta área.

    “Anunciei a 19 de Agosto, em Ponta Delgada, que iríamos construir em todas as freguesias dos Açores, progressivamente, centros de noite e tenho já muito gosto em ver que o dr. Costa Neves, há pouco mais de uma semana, anunciou o mesmo”, ironizou Carlos César.

    O presidente dos socialistas açorianos dedicou o dia à Ilha do Corvo, onde percorreu, durante várias horas, as ruas da vila e entrou em dezenas de casas.

    Uma ocasião aproveitada por uma idosa da Ilha para fazer um pedido especial a Carlos César: “Dê uma palavrinha ao senhor bispo para nos mandar um padre para aqui”.

    Os açorianos vão eleger, a 19 de Outubro, 57 deputados regionais, dois dos quais pelo círculo eleitoral do Corvo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.