CDS/Açores diz que açorianos não podem esperar muito do PS da região

CDS/Açores diz que açorianos não podem esperar muito do PS da região

 

Lusa/Ao online   Regional   16 de Set de 2018, 16:15

O dirigente do CDS/Açores Alonso Miguel declarou este domingo que os açorianos "não devem esperar muito" do PS da região, partido que está "cansado" e "sem ideias" e contra o qual os centristas trabalham "todos os dias".

"É urgente uma mudança política, uma alternativa ao PS nos Açores. É urgente uma governação não-socialista e é para isso que o CDS-PP trabalha todos os dias", declarou Alonso Miguel, deputado ao parlamento dos Açores.

O centrista falava na Praia da Vitória, ilha Terceira, sobre o discurso do presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, na sessão de encerramento do XVII congresso regional do partido, que decorreu entre sexta-feira e hoje.

Para o CDS-PP, os açorianos "não devem esperar muito" do PS/Açores nos próximos anos.

"Será mais do mesmo. É o mesmo PS, cansado, com os mesmos intervenientes, os mesmos protagonistas, sem ideias para corrigir os falhanços sucessivos na maioria de áreas de intervenção", sublinhou Alonso Miguel.

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, anunciou na intervenção de fecho dos trabalhos a criação de medidas para ajudar os jovens a encontrar emprego, os pais que querem conciliar o trabalho com a vida familiar e os idosos que necessitam de cuidados ao domicílio.

O socialista asseverou também querer dar um "primeiro impulso" para um processo de descentralização de competências na região, para municípios e freguesias, "em benefício dos açorianos e das açorianas".




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.