Carla Bruni-Sarkozy encontra-se com o Dalai Lama

Carla Bruni-Sarkozy encontra-se com o Dalai Lama

 

Lusa/AO online   Internacional   22 de Ago de 2008, 12:14

A mulher do presidente francês, Carla Bruni-Sarkozy, chegou esta sexta-feira ao templo budista de Lérab Ling em Roqueredonde, no sul de França, para se encontrar com o Dalai Lama.
Depois de chegar ao templo, onde era esperada pelo chefe espiritual do budismo tibetano, Carla Bruni recebeu do Dalai Lama o tradicional lenço branco como sinal de boas-vindas ao Tibete, a “kata”.

    O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Bernard Kouchner, e a secretária de Estado para os Direitos humanos, Rama Yade, presentes no local, também deverão encontrar-se com o Dalai Lama.

    Kouchner anunciou só na segunda-feira que se encontraria com o Dalai Lama, acompanhado por Carla Bruni e Yade indicou um dia depois que se reuniria com o líder espiritual tibetano.

    O presidente Nicolas Sarkozy explicou anteriormente que não se encontraria com o dirigente tibetano durante a viagem pastoral deste, que termina sábado, porque o Dalai Lama não desejava que tal encontro se realizasse durante os Jogos Olímpicos de Pequim.

    No entanto, um encontro entre os dois homens pode realizar-se antes do final do ano, já que o Dalai Lama foi convidado, juntamente com outros Prémios Nobel da Paz, para estar em Paris a 10 de Dezembro.

    Chegado discretamente a 11 de Agosto a França, sem qualquer acolhimento oficial, o Dalai lama foi recebido à porta fechada num simples gabinete do Senado por um grupo de deputados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.