Câmara de Ponta Delgada distingue personalidades associadas à ciência

Câmara de Ponta Delgada distingue personalidades associadas à ciência

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   6 de Fev de 2019, 15:28

A Câmara Municipal de Ponta Delgada vai atribuir a “Medalha de Mérito Municipal” a quatro personalidades associadas à ciência, nomeadamente, Alexandre Linhares Furtado, António Frias Martins, Jaime Meireles e Victor Hugo Forjaz, no próximo dia 2 de abril, aniversário da cidade.

A proposta da Comissão Municipal de Toponímia, Distinções Honoríficas e Património Cultural, presidida por José Andrade, foi aprovada na manhã desta quarta-feira, por unanimidade, em reunião de câmara.


De acordo com nota da autarquia, o objetivo é “valorizar e projetar a área determinante da investigação científica empreendida a partir de Ponta Delgada como contributo estratégico dos Açores para Portugal e o mundo e reconhecer e distinguir um conjunto criterioso e representativo de personalidades marcantes, associadas a Ponta Delgada, que se notabilizaram por diferentes caminhos da investigação científica”.


Recorde-se que o município de Ponta Delgada comemora o aniversário da cidade com a entrega de distinções honoríficas municipais a personalidades e entidades com prestação relevante em diferentes áreas de afirmação municipal e desenvolvimento concelhio.


Alexandre José Linhares Furtado (1933), médico e Professor Jubilado da Universidade de Coimbra, foi autor do primeiro transplante renal realizado em Portugal e da primeira colheita de rins de cadáver, impulsionador do programa de transplantação hepática pediátrica, que originou a otimização de novas técnicas a nível mundial, e introdutor de terapêuticas médicas complementares ou neoadjuvantes na área oncológica.


António Manuel de Frias Martins (1946), biólogo e Professor Jubilado da Universidade dos Açores, especializado em Sistemática e Evolução de Moluscos, foi presidente da Associação Mundial de Malacologia e coordenador do Polo Açores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos. Organizou o Congresso Mundial de Malacologia (2013) em Ponta Delgada e é presidente da Sociedade Afonso Chaves.


O engenheiro Jaime Martinho Ferreira Meireles foi fundador do Laboratório Regional de Engenharia Civil, em Ponta Delgada, autor de cálculos de novos pavimentos açorianos com materiais vulcânicos e dinamizador da prospeção geotécnica para segurança das modernas construções nos Açores.


Victor Hugo Lecoq de Lacerda Forjaz (1940), vulcanólogo, Professor Jubilado da Universidade dos Açores, especializado em Riscos Geológicos e Vulcanológicos e em Ciências Geotérmicas, foi cofundador da International Society of Planetology e fundador do Instituto de Geociências dos Açores. Foi diretor do Programa Geotérmico dos Açores e é presidente do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.