Açoriano Oriental
Câmara da Praia da Vitória apresenta projeto da sede dos Escuteiros da Fonte do Bastardo

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, apresentou o projeto de requalificação e beneficiação da antiga escola da Fonte do Bastardo, atualmente cedida ao Agrupamento de Escuteiros nº709 daquela freguesia. O projeto foi entregue à Associação Alerta.

Câmara da Praia da Vitória apresenta projeto da sede dos Escuteiros da Fonte do Bastardo

Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Na sessão pública, que decorreu no âmbito da visita do executivo municipal à Fonte do Bastardo, o autarca sublinhou tratar-se de um projeto que garante as melhores condições para a atividade daquele agrupamento e dá início à reta final de um processo iniciado em 2009, com o encerramento do imóvel como estabelecimento de ensino.

“Este imóvel foi doado aos escuteiros da Fonte do Bastardo em 2017, sendo notória a necessidade de requalificação do espaço. Hoje, entregamos à Associação Alerta o projeto de beneficiação e garantimos apoio ao financiamento da empreitada, a cargo da Associação, que está orçado em cerca de 120 mil euros”, explicou Tibério Dinis, citado em nota.

“Com este investimento, a rede de escutismo no concelho da Praia da Vitória ficará com boas condições para desenvolver as suas atividades”, frisou.

Reconhecendo que “existem sempre investimentos a realizar”, Tibério Dinis manifestou satisfação pela solução encontrada entre o Corpo Nacional de Escutas, a Associação Alerta (associação criada pelo movimento escutista regional para gerir património e recursos dos escuteiros nas ilhas) e a Câmara Municipal da Praia da Vitória, no sentido de dignificar a atividade do Agrupamento 709, ao mesmo tempo que se possibilita a recuperação de um imóvel em pleno centro da freguesia.

No final da visita à freguesia da Fonte do Bastardo, Tibério Dinis classificou como positivo o périplo, por terem sido apresentadas soluções para dois imóveis importantes na freguesia – o pavilhão Vitalino Fagundes e a antiga Escola Primária.

Na Fonte do Bastardo, Tibério Dinis realçou ainda as preocupações do setor agrícola, nomeadamente “com a necessidade de reabilitação da Canada da Bica”, um caminho agrícola que serve dezenas de explorações entre as freguesias da Fonte do Bastardo e de Santa Cruz, garantindo que “a câmara municipal vai continuar a diligenciar junto do IROA e das demais entidades competentes, no sentido de que se proceda à rápida beneficiação daquele caminho agrícola”.

A visita à Fonte do Bastardo decorreu no âmbito da ação “Presidência Aberta”, que descentraliza as reuniões de câmara nas freguesias e dedica a atenção do executivo municipal aquelas comunidades.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.