Cabeça de lista do PNR considera "partidos do sistema" os grandes derrotados


 

Lusa/AO online   Nacional   27 de Mai de 2019, 00:06

O cabeça de lista do Partido Nacional Renovador (PNR) às eleições europeias, João Patrocínio, considerou hoje que “os partidos do sistema” foram os grandes derrotados da noite, devido à elevada abstenção registada.

“Os grandes derrotados foram os partidos do sistema [PS e PSD]. 66% ou 70% de abstenção quer dizer muita coisa. É necessário mudar”, afirmou João Patrocínio à agência Lusa.

O candidato nacionalista anunciou que o partido vai apresentar uma proposta de voto obrigatório para as eleições legislativas, que acontecem em outubro.

“O PNR vai apresentar uma proposta que é o voto obrigatório para as próximas legislativas”, salientou, reiterando que abstenção deve ser combatida.

Sobre os resultados para o Parlamento Europeu, João Patrocínio exprimiu contentamento com o que o partido alcançou nestas eleições, mais 0,04% do que em 2014.

“Tivemos uma ligeira subida em relação às anteriores. Estamos contentes com o que fizemos, com dignidade e com os meios que tivemos, que não são os mesmos dos outros partidos”, disse.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.