União Europeia

Bruxelas renuncia a sanções da OMC contra Estados Unidos

Bruxelas renuncia a sanções da OMC contra Estados Unidos

 

Lusa/AO online   Economia   9 de Set de 2010, 11:42

A União Europeia comunicou à Organização Mundial do Comércio (OMC) que renuncia impor sanções contra os Estados Unidos pela forma como Washington calcula as margens de dumping, informou na quarta-feira fonte oficial.
A UE exigia 311 milhões de dólares (243 milhões de euros), em compensação pelo método norte-americano de cálculo das margens dumping (venda de produtos a preços muito abaixo do seu valor).

Na terça-feira, “a UE e os Estados Unidos pediram ao grupo de árbitros [da OMC] que devem pronunciar-se sobre o montante das sanções que suspenda o seu trabalho”, afirmou à AFP um porta-voz do comissário europeu do Comércio, John Clancy.

A decisão da UE foi tomada devido às “novas garantias dadas por Washington, que se comprometeu a tomar as medidas necessárias para ficar em conformidade com as regras da OMC”, explicou o responsável.

“A imposição de sanções não será, por isso, necessária”, reiterou o porta-voz de John Clancy.

Bruxelas ganhou uma queixa apresentada em 2004 na OMC sobre este método que, defende a União, aumenta artificialmente a margem de dumping.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.