Açoriano Oriental
Bolieiro deixa autarquia de Ponta Delgada de "consciência tranquila"

O presidente da Câmara de Ponta Delgada, que deixa a partir de segunda-feira a autarquia para se dedicar à liderança do PSD/Açores, disse este domingo sair de "consciência tranquila" para abraçar "um novo desafio democrático".

article.title

Foto: Direitos Reservados
Autor: AO Online/ Lusa

"Saio de consciência tranquila. Dei sempre o meu melhor. Dei prioridade máxima às pessoas, ao trabalho em parceria, em benefício do povo e do desenvolvimento de concelho de Ponta Delgada. Satisfeito. Estou certo de que deixo um bom legado", afirma José Manuel Bolieiro, numa mensagem onde faz também o balanço da atividade na Câmara de Ponta Delgada.

José Manuel Bolieiro anunciou em janeiro que ia abandonar em 02 de março a presidência da maior autarquia dos Açores para se dedicar "em exclusivo à liderança do PSD/Açores e respetiva candidatura nas legislativas regionais do próximo mês de outubro".

"Em termos de gestão, orgulho-me com a capacidade demonstrada e com os resultados alcançados, com o equilíbrio orçamental e sem endividamento. Ademais, o diálogo e a equidade de tratamento com todas as 24 freguesias do concelho, independentemente da sua cor partidária, pautou – e distinguiu - a minha ação", sublinha na mensagem partilhada hoje.

O autarca de Ponta Delgada destaca a "solidariedade, a transparência e rigor da gestão, a coesão territorial e a promoção do diálogo institucional e da cidadania" que foram "desafios estratégicos e priorizados, com boas práticas" que assumiu "por convicção, enquanto governante".

"A qualidade dos resultados e dos procedimentos é que nos distinguem na gestão pública e política da escassez dos recursos e das incomensuráveis necessidades e ambições de todos e em todo o tempo", salienta.

Agora, e segundo frisa na mensagem, "abraço um novo desafio democrático".

"Uma missão de serviço, que se me impôs e que abraço com responsabilidade e vontade de acrescentar valor à dialética política e autonómica da nossa sociedade livre e democrática. Um projeto de confiança a pensar nos Açores e nas pessoas. Com reconhecimento da importância dos ciclos políticos e eleitorais, com alternativas enriquecedoras da democracia. São os democratas que fazem a democracia", lê-se ainda na mensagem do autarca.

José Manuel Bolieiro que deixa a liderança do maior municipio açoriano refere "o simbolismo" da data escolhida, por se completar na segunda feira "125 anos sobre a data do simbólico Decreto Autonómico de 2 de março de 1895".

"Foi para este dia e para esta referência que concentrei o simbolismo da minha dedicação em exclusivo à liderança do PSD/Açores e respetiva candidatura nas legislativas regionais do próximo mês de outubro", sublinha, deixando um agradecimento, "em especial aos colaboradores" da Câmara e "a todos os que contribuíram para reforçar a notoriedade e a notabilidade de Ponta Delgada".

Durante estes últimos anos "servi, com empenho máximo, o Município de Ponta Delgada. Muito feito, tanto para fazer. Conclui-se assim em todas as circunstâncias de dedicação máxima", acrescenta.

No passado dia 19 de fevereiro o presidente da Câmara de Ponta Delgada esclareceu que não ia renunciar ao cargo na autarquia, mas sim suspender o mandato, para se dedicar à liderança do PSD/Açores, apesar de ter admitido que a suspensão é definitiva.

“Simbolicamente (…) não se trata de um abandono da Câmara Municipal, por isso, não quero seguir a figura de renúncia, que, na prática, será”, disse aos jornalistas, referindo que, independentemente do resultado das eleições legislativas regionais, não tenciona retomar as suas funções na Câmara Municipal.

José Manuel Bolieiro foi eleito em dezembro de 2019 líder do PSD/Açores, eleição para a qual era o único candidato, com 98,5% votos.

O social-democrata sucedeu a Alexandre Gaudêncio, que se demitiu em 15 de outubro, depois de ter sido alvo de uma investigação da Polícia Judiciária por suspeita de violação de regras de contratação pública, de urbanismo e de ordenamento do território enquanto presidente da Câmara da Ribeira Grande.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.