Açoriano Oriental
Benfica repudia apedrejamento e confirma Weigl e Zivkovic no hospital por precaução

O Benfica condenou o apedrejamento do autocarro da equipa de futebol, na deslocação para o centro de estágios, no Seixal, depois do empate caseiro 0-0 frente ao Tondela, confirmando que Weigl e Zivkovic foram transportados para um hospital.

Benfica repudia apedrejamento e confirma Weigl e Zivkovic no hospital por precaução

Autor: Lusa/AO Online

“O Sport Lisboa e Benfica repudia e lamenta o criminoso apedrejamento de que foi vítima o autocarro dos seus jogadores à saída da A2, quando se dirigia para o centro de estágios do Seixal, no final do jogo frente ao Tondela, realizado hoje no Estádio da Luz”, lê-se no comunicado dos ‘encarnados’.

Antes, o porta-voz da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), o intendente Nuno Carocha, tinha confirmado à Lusa que “uma pedrada atingiu o autocarro”, admitindo que “poderá haver feridos”, uma vez que o incidente ocorreu depois de a escolta passar para a GNR.

“Informamos que, por uma questão de precaução, os jogadores Julian Weigl e Zivkovic, de imediato, foram levados ao Hospital da Luz [em Lisboa] para serem observados, na sequência dos estilhaços que os atingiram”, refere o Benfica, no seu sítio oficial na Internet.

O emblema das ‘águias’ remata o comunicado com a garantia da “total colaboração com as autoridades, a quem apela para que seja feito o maior esforço, no sentido de identificar os delinquentes responsáveis por estes atos criminosos”.

Na quinta-feira, o Benfica assumiu a liderança da I Liga, com os mesmos pontos do FC Porto, apesar do ‘nulo’ na receção ao Tondela, em jogo da 25.ª jornada da I Liga, naquele que foi o primeiro jogo dos ‘encarnados’, depois da suspensão da competição devido à pandemia de covid-19, em 12 de março.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.