Sexta jornada da Primeira Liga

Benfica e Sporting medem forças na Luz

Benfica e Sporting medem forças na Luz

 

Lusa / AO online   Futebol   27 de Set de 2007, 12:30

Na ressaca da difícil qualificação para a quarta eliminatória da Taça da Liga, Benfica e Sporting medem sábado forças na Luz, com o FC Porto, líder isolado da Liga de futebol, a espreitar a oportunidade de aumentar a vantagem.
À partida para a sexta jornada da competição, o FC Porto soma mais cinco e seis pontos que Sporting e Benfica, respectivamente, e nem a estrondosa queda frente ao CD Fátima, da Liga de Honra, na terceira eliminatória da Taça da Liga, parece esmorecer os ânimos para a recepção ao tímido Boavista, também no sábado.

Numa ronda recheada de "jogos de poder" - além dos "clássicos" Benfica-Sporting e FC Porto-Boavista, também Vitória de Guimarães e Sporting de Braga reacendem no "Berço", domingo, a disputa do Minho -, o destaque vai por inteiro para a Luz, até porque os dois clubes estão proibidos de perder mais pontos.

Os "encarnados", agora liderados pelo espanhol José António Camacho, ainda não perderam em casa (apesar de terem empatado com o Vitória de Guimarães), enquanto os "leões" de Paulo Bento perderam no Dragão (1-0, golo de Meireles) e venceram na Reboleira o Estrela da Amadora (2-0).

Eternos candidatos ao título, mas incapazes de contrariar os dois últimos campeonatos conquistados pelo FC Porto, Benfica e Sporting sabem da necessidade de ganhar e "fazem figas" para que os bicampeões portugueses, como por milagre, sejam derrotados pelo Boavista de Jaime Pacheco que, como em outras ocasiões, já afirmou que os "axadrezados" vão ser a surpresa da prova, apesar de apenas somarem quatro empates e uma derrota até ao momento.

No Dragão, Jesualdo Ferreira voltará a sentir sábado a dor dos adeptos que, depois de na temporada passada terem visto o FC Porto cair frente ao Atlético, da II Divisão B, na Taça de Portugal, voltaram a sofrer na noite de quarta-feira com “novo milagre” em Fátima.

Ainda assim, o FC Porto é claramente favorito para o embate com a turma de Pacheco: nos cinco jogos já realizados para o campeonato, os azuis-e-brancos somam apenas vitórias, com o "score" de 9-1 em golos.

No domingo, o Vitória de Guimarães (perdeu nas grandes penalidades frente ao Sporting na Taça da Liga) recebe o Sporting de Braga, naquele que é o mais escaldante embate entre regiões do Minho.

A equipa de Manuel Cajuda, regressada à elite do futebol português, soma mais dois pontos que o Braga, de Jorge Costa, e pode aproveitar o sempre excitante factor público para garantir mais uma vitória, mantendo-se na zona "UEFA".

Ainda assim, os bracarenses também foram afastados da Taça da Liga (em Setúbal, por 2-0) e tentaram redimir-se da queda, alcançado ânimo para novas jornadas, inclusive a europeia.

Também no domingo, o Paços de Ferreira vai procurar no Restelo, a primeira vitória desta época, enquanto o Nacional da Madeira recebe a Naval 1º de Maio, num embate que põe frente a frente mais duas equipas que ainda não festejaram os três pontos.

O Marítimo, num surpreendente segundo lugar (apenas uma derrota, na deslocação ao Dragão, por curto 1-0), desloca-se à Reboleira, tal como a União de Leiria a Setúbal, equipa liderada por Carlos Carvalhal e que também tem puxado dos galões neste início de temporada.

No fecho da ronda, já na segunda-feira, a Académica de Domingos Paciência defronta em Coimbra o Leixões, turma orientada por Carlos Brito e que também ainda não somou qualquer vitória.

   

   

    Programa da sexta jornada:

    - Sábado, 29 Set:

    Benfica - Sporting, 18:15

    FC Porto - Boavista, 20:15

    - Domingo, 30 Set:

    Estrela da Amadora - Marítimo, 15:00

    Vitória de Setúbal - União de Leiria, 15:00

    Nacional - Naval 1º de Maio, 15:00

    Belenenses - Paços de Ferreira, 17:00

    Vitória de Guimarães - Sporting de Braga, 19:15

    Segunda-feira, 1 Out:

    Académica - Leixões, 18:45
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.