Benfica bate Fonte do Bastardo e decide título de voleibol com o Sporting

Benfica bate Fonte do Bastardo e decide título de voleibol com o Sporting

 

Lusa/Ao online   Voleibol   31 de Mar de 2019, 20:46

O Benfica marcou este domingo encontro com o Sporting na final do campeonato nacional de voleibol, ao receber e vencer o Fonte do Bastardo, por 3-0, com os parciais de 25-16, 25-12 e 25-15.

No Pavilhão da Luz, os ‘encarnados’ não deram hipóteses à equipa açoriana no terceiro embate da meia-final e exerceram um domínio inequívoco ao longo de toda a partida. Depois de ter cedido o ‘set’ inicial no jogo de sábado, que terminou com um triunfo por 3-1, a formação treinada por Marcel Matz comandou sempre o marcador.

A agressividade no serviço, a segurança do bloco e a versatilidade na distribuição foram essenciais para a superior prestação do Benfica, que beneficiou ainda das boas exibições de Théo Lopes, Zelão e Peter Wohlfahrtstatter. Se o primeiro parcial de 25-16 já não deixara dúvidas, o ‘set’ seguinte foi ainda mais esclarecedor.

Os açorianos, sob o comando de João Coelho, entraram mal e não conseguiram esboçar reação. O desequilíbrio tornou-se evidente e o Fonte do Bastardo não encontrou argumentos para travar a escalada de pontos dos ‘encarnados’. A abertura logo com 9-1 redundou num 25-12 final, o parcial mais desnivelado do jogo.

Sempre com grande dinamismo, o Benfica manteve o ritmo alto e foi inteligente a encontrar caminhos para fugir ao ‘bloco’ açoriano. Os ‘encarnados’ entraram no terceiro parcial com a ambição de fechar de imediato a decisão e, em poucos minutos, carimbou mesmo o apuramento para a final, com expressivo 25-15.

Um ano depois, os ‘encarnados’ estão de volta à final do campeonato nacional de voleibol, reencontrando o Sporting, que este domingo selou também o seu apuramento, ao bater o Espinho, também por 3-0.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.