BE/Açores pede medidas urgentes para as térmitas


 

Luís Pedro Silva   Regional   3 de Dez de 2009, 17:48

O Bloco de Esquerda considera que é urgente proceder à delimitação da zona infestada e que se adoptem estratégias integradas de acção/combate, preconizadas pela equipa de controlo e monitorização das térmitas do Grupo Biodiversidade dos Açores (CITA-A).
O BE/Açores considera que também “é urgente criar um Gabinete de Coordenação e Gestão para gerir e coordenar as tarefas de controlo e extermínio da praga, assim como para garantir a coordenação e o envolvimento das diferentes entidades com papeis a desempenhar na luta contra esta praga, não esquecendo a participação activa dos cidadãos”.


Leia na íntegra esta notícia na edição imprensa de Sexta-Feira, Dia 4 de Dezembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.